Sábado, 18 de Abril de 2009

Sagrada Essência Feminina

Mulher é mesmo um ser plural. Também pudera, com uma essência feminina tão repleta de energia criadora temos um céu de potencialidades para fazer nascerem estrelas que formam constelações criativas que brilham com arte pelo Cosmo.

O feminino é mesmo encantador. Em todas suas nuances, com sua diversidade e singularidade, é rico em múltiplas expressões de graça, força, beleza e poder de transformar e colorir a vida. Sim, o feminino tem cores e amores, tem sombras e luzes, tem fases lunares e estações solares. É assim um tesouro de criatividade e intuição que se apresenta em muitas linguagens.

Falar do feminino é lembrar que a mulher é Água, é como o rio que corre em mansas marés ou como ondas que agitam o mar e nos fazem navegar por diversas paisagens. Mulher é Terra, semente que nutrida produz frutos férteis que se perpetuam e se multiplicam em novas colheitas produtivas. Mulher é Ar, ora brisa, ora vento, suave ou tempestuoso, alterando climas, promovendo mudanças. Mulher é Fogo, que arde, aquece, vira cinzas, renasce e acende a fogueira da vida.

O feminino é uma energia acolhedora que faz associações intuitivas e inteligentes. É tão sublime que flutua por cenários distintos e ainda assim consegue harmonizar sua unidade quando está sintonizada com seu Eu Solar. Ela está em todos os cantos, em todas as flores, em toda dança, nos fragmentos, nos complementos. No gesto terno, na respiração que arrepia, na melodia que contagia, no sorriso que irradia alegria, tudo isso e muito mais exala o divino feminino.

Ela é uma e muitas Deusas no mesmo corpo, na mesma alma, no mesmo coração, tudo em laço ou lenços que bailam na dança universal cíclica que gira e recria a vida presente no Todo e em cada parte. No amargo e no doce, no feroz e no delicado, nos sinônimos e nos extremos, ali ela estará e pulsará incessante ao ritmo da energia vibrante que glorifica o Ser Mulher.

Feminino que doa, nutre e fertiliza os campos com chuva de amor. Energia guerreira que chora lágrimas capazes de fazer emergir do pó uma rainha que se glorifica na face de muitas Deusas. Feminino, morada das Deusas de todos os tempos. Energia que sonha e tem a chave para realizar os sonhos.

O feminino tem muitas leituras decifráveis e indecifráveis. Falada, escrita, sentida, ouvida, tocada. É um jardim de possibilidades infinitas. É só mergulhar e sentir os aromas.

Sagrado Feminino. Namastê!

publicado por Escola das Deusas às 06:54

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Marta a 4 de Maio de 2009 às 14:01
Fantástico!!! Me apaixonei por vc Fátyma!. não sei como eu vou fazer.. mas certamente vou me aproximar mais de vc... Digo isto pq eu sou de Presidente Prudente e estou um pouco longe de vc. mas, por favor, envia para mim novidades e cursos que vc organize aí. Quem sabe se eu tb me organizo aqui para ir?
Um grande beijo e parabéns pelo seu trabalho!
Marta

martacoliveira56@gmail.com

Comentar post

LINKS

ARQUIVOS

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

POST RECENTES

Edição Páscoa Escola das ...

Divinos aspectos da sombr...

Próxima edição Escola das...

Personal sex participará ...

DESPERTAR FEMININO - DIA ...

Especial Dia Internaciona...

Refinando a conexão das e...

EDIÇÃO JANEIRO 2011

Escola das Deusas dezembr...

...

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

FAVORITOS

SER FIEL A TI MESMA

LINKS

LINKS